segunda-feira, 12 de maio de 2014

Plano de aula: Crase



Plano de aula
Rita Vasconcelos           Língua Portuguesa
Turma: 3º ano                    Duração: 6 aulas
Tema: Crase

Justificativa: Uma das habilidades que o CBC de Língua Portuguesa apresenta é “reconhecer e usar, produtiva e autonomamente a frase padrão em contextos que a exijam”. Mas para isso é preciso conhecer e compreender como certos elementos se relacionam dentro da estrutura da oração para produzir os efeitos de sentido desejados. Uma dessas relações, que acaba gerando dúvidas durante a escrita, é aquela existente entre os verbos que exigem a preposição “a” e os elementos que aceitam o artigo “a/as”, levando à formação da crase que será objeto de estudo neste projeto.

Objetivos:
Compreender o que é a crase, por que ela ocorre.
Entender em que casos a crase ocorre ou não.
Conhecer “macetes” que auxiliam na hora de colocar ou não o acento indicador de crase.
Usar produtiva e autonomamente as regras de uso do acento indicador de crase.
Melhorar a produção escrita segundo a norma padrão da Língua Portuguesa.
Recursos:
Quadro e pincel,  cópias das folhas de exercício.

Avaliação:
Participação durante a resolução e correção dos exercícios.

Crase
O acento grave é usado para determinar que houve a junção da preposição “a” com os artigos definidos femininos “a” ou “as”, formando a crase: à, às.
A crase só ocorre quando há a presença de um elemento que exige a preposição “a” e de um elemento que aceita o artigo definido feminino “a/as”.
Fizemos referência à obra de Érico Veríssimo.
Referência a + a obra.

Artifícios para saber quando empregar o acento indicador de crase.

Quando trocar a palavra feminina que ocorre depois do “a” por uma masculina e ocorrer a forma “ao”.
Os mortos de Antares queriam impor à população sua presença macabra.
Os mortos de Antares queriam impor ao povo sua presença macabra.

Estava indiferente a ela.
Estava indiferente a ele.

Quando for possível substituir a crase por “para a/as”.
Costuma pedir às pessoas que leiam seus textos.
Costuma pedir para as pessoas que leiam seus textos.

Pediu um tempo a ela.
Pediu um tempo para ela.

Quando substituir o verbo “ir” por “voltar”, e aparecer a expressão “voltar da”.
Você já foi à Bahia?
Você já voltou da Bahia?
Devia ir a Salvador.
Devia voltar de Salvador.

Regras de uso da crase

Palavra que exige a preposição “a” + palavra feminina que admite o artigo “a/as”.
Debate aponta risco à liberdade de expressão.

Nas locuções femininas
Locuções adverbiais: às vezes, à toa, às escondidas, às claras, às oito horas, à uma da tarde, etc.
Locuções prepositivas (a+palavra feminina+de): à procura de, à moda de, à maneira de, etc.
Locuções conjuntivas: à medida que, à proporção que, etc.

Nomes de lugar seguidos de um termo especificador.
Fiz uma excursão à Roma de meus avós.

Quando a palavra “casa” estiver determinada por adjunto adnominal.
Em breve chegaríamos à casa da madrinha.

Quando a palavra terra designar local, região, pátria.
Haviam acabado de chegar à terra do churrasco.

Termo que exige preposição “a” + aquele (s), aquela (s), aquilo.
A ONU impôs bloqueio econômico àquele país. (a+aquele).

Não usar crase
Diante de palavras masculinas: a cavalo.
Diante de verbos: a partir.
Entre palavras repetidas: cara a cara.

Exercícios
1. Coloque acento indicador de Crase onde for necessário:
Ele fez referência a tarefa feita por nós.
Não conheço as moças que saíram.
Ela se referia as moças que saíram.
Apresentou-lhe a esposa.
Apresentou-o a esposa.
Era uma camisa semelhante a que o diretor usava.
Ele desconhecia aquele regulamento.
Ele não obedecia aquele regulamento.
Esta é a lei a qual fiz alusão.
Esta é a lei a qual desconhecia.
Esta é a mulher a quem fiz referência.
Esta é a mulher a qual fiz referência.
Estou precisando comprar umas blusas para o dia a dia.
Você prefere fazer a compra a prazo ou a vista?
Não compareceu as reuniões que eram úteis as pesquisas.
O juiz, indiferente as súplicas, condenou o réu a forca.
Nas próximas férias, iremos a Bélgica, a Suécia e a Portugal.
Viajaremos a Londres e a Roma do Coliseu.
Já fomos a Paraíba, a Pernambuco e a Goiás.
Também fomos a Santa Catarina e a progressista Florianópolis.
As vezes, o pessoal sai as escondidas.
A reunião vai das cinco as seis horas.
A reunião vai durar de cinco a seis horas.
Não consegui falar quando ficamos frente a frente.

2. Complete as frases com A(s)ou À(s):

O pesquisador deu maior atenção ____ cidade menos privilegiada.
Este resultado estatístico poderia pertencer ______ qualquer população carente.
Mesmo atrasado, o recenseador compareceu _____ entrevista.
Veranópolis soube unir a produtividade_____ sustentabilidade.
Paulo começou ______ falar em voz alta.
Pedimos silêncio _____ todos.
Esta música foi dedicada _____ ele.
O carro entrou ______ direita da rua.
Disse ____ ela que não insistisse em amar ____quem não _____ queria.
Quanto_____ suas exigências, recuso-me _____ levá-las ______ sério.
Gostava da solidão e por isso esquivava-se de comparecer _____ comemorações sociais.
Comunicamos _____ Vossa Senhoria que encaminhamos _____ petição anexa ____ Divisão de Fiscalização que está apta _____ prestar _____ informações solicitadas.
Avise ____ moça que chegou a encomenda.
Encontramos os barcos ______ margens da lagoa.
O texto foi redigido _____ lápis.
O texto deve ser redigido _____ caneta.
O desenho foi feito _____ mão.
Hoje fui para a escola _______ pé.
Vende-se ______ prazo.
Peço ______ senhora que tenha paciência.
Os professores do interior não aderiram _______ greve.

Observação 
Não coloquei e nem vou colocar o gabarito dos exercícios. Se você é professor, saberá responder às questões sem problema; e se você é aluno, peça ajuda ao seu professor, ou deixe uma pergunta sobre as questões em que você teve dificuldades na seção de "dúvidas" do blog.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...