domingo, 5 de março de 2017

Novas versões para contos de fada



Os textos a seguir são produções de alunos do oitavo ano do ensino fundamental - 2017. O objetivo era criar versões modernas para contos de fada clássicos. 

A verdadeira riqueza

Ele era o príncipe da pequena cidade, reinava soberano, pois não havia problema que não pudesse ser resolvido com o dinheiro de seu pai. Vivia em seu castelo com 3 suítes, piscina, sauna e quadra de futebol; andava em seu cavalo branco, ou melhor, nos 162 cavalos de sua Ducati branca; e o que não faltava a seu lado eram princesinhas.
Filho de um grande fazendeiro, não estudava mais no colégio particular da cidade, pois, além de não ser o que se possa chamar de um bom aluno, havia sido expulso depois de inúmeras vaciladas seguidas de novas oportunidades muito bem pagas pelos papais superprotetores.
No único colégio público que o aceitou, somente graças a uma ordem judicial, as meninas se dividiam em duas classes: as que adoravam Gean Michel e as que amavam Gean Michel; e os meninos se dividiam também em duas classes: os que invejavam Gean Michel e os que queriam ser Gean Michel.
Pelo menos era assim que o playboyzinho Gean Michel pensava até a chegada de André, um aluno novo vindo de outra cidade.
André vinha de uma cidade pobre, com roupas velhas, o cabelo todo bagunçado, mas sempre com um sorriso no rosto.
Ele foi colocado na sala de Gean Michel, o tal “famosinho” da escola.
Mesmo Gean sendo ignorante e hipócrita, sua beleza e seu dinheiro lhe traziam vantagens. Enquanto André não tinha fama, nem dinheiro, nem beleza, mas com sua humildade, seu respeito e toda sua gentileza, se tornou o carinha mais popular da escola. Seu sorriso era encantador, conquistava qualquer menina.
Foi aí que o “playboyzinho” rodou, descobriu que a melhor riqueza é aquela que está dentro do coração, e é pelo coração e de coração que as pessoas aprendem a gostar da gente.

Anna Carolyne Jaffet – 8º ano 9

segunda-feira, 11 de julho de 2016

Teste de raciocínio Lógico



Teste de Lógica

Lei as questões a seguir, reflita e discuta com os colegas sobre as possíveis respostas. Em seguida responda as questões em seu caderno.

1.       Três amigas encontram-se em uma festa. O vestido de uma delas é azul, o de outra é preto, e o da outra é branco. Elas calçam pares de sapatos destas mesmas três cores, mas somente Ana está com vestido e sapatos de mesma cor. Nem o vestido nem os sapatos de Júlia são brancos. Marisa está com sapatos azuis. Desse modo, relacione corretamente os nomes e cores de sapato e vestido de cada uma das amigas.

2.       Um agente de viagens atende três amigas. Uma delas é loura, outra é morena e a outra é ruiva. O agente sabe que uma delas se chama Bete, outra se chama Elza e a outra se chama Sara. Sabe, ainda, que cada uma delas fará uma viagem a um país diferente da Europa: uma delas irá à Alemanha, outra irá à França e a outra irá à Espanha. Ao agente de viagens, que queria identificar o nome e o destino de cada uma, elas deram as seguintes informações: A loura: “Não vou à França nem à Espanha”. A morena: “Meu nome não é Elza nem Sara”. A ruiva: “Nem eu nem Elza vamos à França”. Relacione corretamente os nomes, cores de cabelo e destinos de viagens de cada uma das amigas.

Plano de aula: Coesão através de sinônimos



Plano de aula
Rita Vasconcelos             Língua Portuguesa
Turmas: 9º ano       Duração: 3 aula
Tema: Coesão através de sinônimos

Justificativa: Para ser capaz de interagir produtiva e autonomamente em diferentes contextos de comunicação dos menos formais aos mais formais, o aluno precisa dominar certas estratégias para a construção da coesão textual, como a substituição de palavras por palavras ou expressões sinônimas.

Objetivos:
·         Identificar o significado de adjetivos e substitui-los por palavras ou expressões equivalentes.
·         Enriquecer o vocabulário dos alunos através do uso do dicionário.

Recursos: Quadro e pincel, dicionários.

Avaliação: Participação durante a resolução e correção dos exercícios.

I.        Através do contexto e com a ajuda do dicionário, substitua os adjetivos destacados nas frases a seguir por palavras ou expressões equivalentes de mais fácil entendimento. Faça as alterações necessárias.

Plano de Aula: "Argumentar é preciso"



Plano de aula
Rita Vasconcelos                     Língua Portuguesa
Turmas: 9º, 2º e 3º               Duração: 6 aulas
Tema: Argumentação

Justificativa: Um dos grandes desafios do educador é conseguir motivar os alunos, e o maior obstáculo para essa motivação é o fato de que muitas vezes os jovens não conseguem enxergar a importância do conteúdo trabalhado para as suas vidas. Dessa forma, esta aula tem por objetivo refletir e compreender que é através da linguagem que o homem move o mundo. Que todas as suas realizações partem de suas relações interpessoais mediadas pela linguagem, por tanto, pode se dizer que um indivíduo que tem maior conhecimento sobre sua linguagem tem mais ferramentas, recursos para interagir e intervir em seu meio de forma crítica.

Objetivos:
·         Compreender que o homem interage e interfere no mundo através da linguagem.
·         Compreender que quanto mais conhecimento sobre a própria língua, mais ferramentas temos para nos posicionar criticamente diante do mundo.
·         Compreender o que é e qual a importância da argumentação.
·         Produzir textos argumentativos orais e escritos.
·         Diagnosticas dificuldades dos alunos no que diz respeito à escrita formal.

Exercícios - Vozes Verbais



Exercícios – Vozes Verbais

1.    Observe as manchetes a seguir e responda:

“Governo eleva preços dos combustíveis”
“Ácido pode provocar catástrofe ambiental no PR”

a.    Em que voz verbal estão as manchetes?
b.    Que elementos estão em destaque em cada uma delas?
c.    Reescreva as frases na voz passiva analítica.
d.    Que elementos estão em destaque agora em cada uma delas?

2.    Observe a manchete a seguir e responda:

“Justiça mantém bingos fechados no Rio”

a.    Qual é o sujeito?
b.    Ele está recebendo ou praticando a ação?
c.    Em que voz verbal se encontra a oração?
d.    Reescreva-a na voz passiva analítica.
e.    Qual é o sujeito agora?
f.     Ele está recebendo ou praticando a ação?
g.    Qual é o agente da passiva?

quinta-feira, 19 de maio de 2016

Primeiro Júri Simulado da Escola Estadual Coronel Oscar Prados

A seguir apresento o vídeo do primeiro Júri Simulado da Escola Oscar Prados, trabalho realizado pelo professor de História, Levi Francisco, juntamente com os alunos do 3º ano 14.

 

Parabéns ao professor e aos alunos pelo excelente trabalho que elevou o nome da nossa escola e deixou um legado para as próximas turmas.

quarta-feira, 18 de novembro de 2015

20 de Novembro: dia da Consciência Negra

Apresentação de dança dos alunos da Escola Estadual Coronel Oscar Prados pelo dia da Consciência Negra.

          
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...